Prêmio de Culturas Populares 2018 – Edição Selma do Coco

É concurso promovido pela Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura atual Secretaria da Cultura e Ministério da Cidadania, que premiou 500 (quinhentas) iniciativas de Culturas Populares de Mestres, Grupos/Comunidades e Instituições Privadas. O objetivo do Prêmio de Culturas Populares é de reconhecer e valorizar as atuações e contribuições dos praticantes de Culturas Populares.

A iniciativa da mestra Odete Maciel teve como proposta realizar a palestra HISTÓRIA DA RENDA RENASCENÇA EM PERNAMBUCO PELA MESTRA ODETE MACIEL em 04 (quatro) cidades como Pesqueira, São João do Tigre, Caruaru e Recife. Neste edital foram aprovadas 44 iniciativas no Nordeste, e esta teve a classificação de 34º lugar.
A inscrição e curadoria foi realizada por Lenice Queiroga que acompanhou a mestra Odete em todo o percurso das palestras, assim como a execução do relatório enviado para a Secretaria da Cultura MIC.

As palestras HISTÓRIA DA RENDA RENASCENÇA EM PERNAMBUCO PELA MESTRA ODETE MACIEL aconteceram no ano de 2019 em quatro cidades que apresentaremos a seguir através de textos, fotografias, links e vídeo.

PESQUEIRA – PE

A palestra foi realizada na Escola Estadual Cristo Rei no dia 02 de abril de 2019 às 14 horas. Iniciou com a apresentação dos créditos do Ministério da Cidadania e seguidamente a palestra da mestra Odete. Foi exibido um vídeo com uma narrativa imagética preparada pela curadora Lenice Queiroga homenageando e exemplificando as pioneiras e os momentos mais significativos da vida da mestra Odete Maciel.

O público foi composto por 350 (trezentos e cinqüenta) estudantes do ensino médio da Escola Estadual Cristo Rei que cursavam a disciplina de empreendedorismo, e que é oferecida pela rede estadual. Estiveram também presentes vários professores desta escola, rendeiras, a representante da CEDAP (instituição que desenvolve trabalho com artesãs), o CCPI – Centro para o Idoso da Prefeitura de Pesqueira (que a mestra faz parte), familiares, entre outros, ficando todos, encantados com a palestra. No final a diretora Valdira e toda a sua equipe, assim como alunos, professores, CCPI e demais presentes, homenagearam amestra Odete Maciel, onde todos cantaram parabéns pelos 91 anos com a entrega de um bolo decorado finalizando com várias fotografias.

Em Pesqueira teve uma repercussão muito grande, este Prêmio de Culturas Populares Edição Selma do Coco, para a mestra Odete Maciel promovendo como desdobramento várias homenagens, citamos algumas: na Câmara dos Vereadores que aprovou a Medalha de Honra ao Mérito Anísio Falcão; no evento do Plano de Ação Territorial do BNB em maio; no Festival da Renda Renascença em agosto e na III Feira de Empreendedorismo da EREM Margarida Falcão na Cohab II em setembro, entre outros.

SÃO JOÃO DO TIGRE – PB

A Associação de Artesões de São João do Tigre–ASSOARTI na Paraíba foi quem fez a parceria com este evento. A palestra ocorreu no dia 05 de abril de 2019 às 14hs na Escola Municipal Ana Ferreira Aragão.

Neste dia a mestra Odete Maciel estava com virose e muito medo das chuvas e da estrada, então foi decidido com ela e a sua família para curadora Lenice Queiroga ir sozinha. Esta decisão foi tomada para não adiar pois a mestra Odete poderia adoecer novamente. Estiveram presentes Associações de Rendeiras da Paraíba de várias cidades como Camalaú, Monteiro, São Sebastião do Umbuzeiro, Zabelê e São João do Tigre, assim como a Vice-Prefeita Emília deste município, a Vereadora Valdete de Camalaú, entre outros presentes.

No evento a curadora Lenice apresentou o vídeo sobre a mestra e a História da Renda Renascença, acrescentando mais dados sobre a vida da mestra Odete Maciel. As rendeiras ficaram bastante emocionadas ao saber que foi uma paraibana, mestra Lala, Elza Mendes Medeiros, a pioneira da Renda Renascença, e de ver a mestra Odete, aos 91 anos de idade, fazendo renascença, como foi apresentado no vídeo. Foram entregues cartazes do evento para as rendeiras-presidentes das Associações que estiveram presentes.

CARUARU – PE

Ocorreu a parceria com a Faculdade de Moda SENAC-Caruaru e a palestra foi no dia 09 de abril de 2019 às 19hs, ficando a produção local pela coordenação deste curso de Moda do SENAC. Neste evento teve como participantes os alunos e professores da Faculdade de Moda e de outras, rendeiras, familiares da mestra, entre outros.


Os figurinos de renda renascença feitos pela mestra Odete Maciel ficaram expostos durante a palestra da mestra Odete, seguidamente a narrativa imagética da curadora Lenice Queiroga e logo depois o depoimento do Sr. Luís de França, acionista da TV Asa Branca, que prestou homenagem a mestra, contando histórias sobre da vida ela, por ele ser seu afilhado e natural de Poção.

O evento termina com todos homenageando a mestra e fazendo fotos com ela. A divulgação deste evento foi realizada por convites, cartazes, e no dia seguinte foi apresentada uma bela matéria jornalística da TV Asa Branca, segue o link.

Link da Palestra em Caruaru.
https://globoplay.globo.com/v/7530045/

RECIFE – PE

Esta palestra teve como parceiro o Centro de Artesanato do Recife de Pernambuco e fez parte da programação da 12º Semana de Patrimônio Cultural de Pernambuco, sendo realizada no auditório do CAP no dia 15 de agosto de 2019 às 14hs. Neste evento foram expostos figurinos de renda renascença de autoria da mestra Odete Maciel.

A palestra foi iniciada pela curadora Lenice Queiroga e que fez agradecimento a Deus, ao MinC atual Ministério da Cidadania e a todos os parceiros das cidades que receberam esta palestra. Estiveram presentes estudantes de ensino médio e professores da Escola Estadual Porto Digital, um grupo da terceira idade, familiares, Patrimônio Vivo Maestro Formiga, entre outros.

Esta palestra foi a de maior duração por apresentar o Prêmio de Culturas Populares Edição Selma do Coco e a classificação da mestra Odete Maciel e todos os apoiadores das cidades por onde a palestra foi realizada, além de acrescentar novos tópicos como: a renda feita ao vivo pela mestra Odete e a sua longevidade, a situação das rendeiras de Pernambuco e alguns segredos da região. A palestra terminou com um grande BoLo REndAdo, onde os participantes cantaram parabéns para mestra Odete Maciel e tiraram fotografias, ficando todos muitíssimo emocionados com todo o ENCANTAMENTO deste EVENTO. É perceptível sentir através dos depoimentos no vídeo que segue abaixo.

VÍDEO

BIOGRAFIA DA MESTRA ODETE MACIEL E A HISTÓRIA DA RENDA RENASCENÇA EM PERNAMBUCO.

Apresentaremos a biografia da mestra Odete Maciel que é enlaçada com a História da Renda Renascença em Pernambuco, tendo como primeira etapa o núcleo de formação da Renda Renascença, seguindo para os principais tópicos da vida da mestra e da Renda Renascença, a partir das suas lembranças, acrescidas de outras fontes e referências.

  1. Primeiro Núcleo de Renda Renascença no Agreste Pernambucano.
  1. Expansão da Renda Renascença em Pernambuco e a Tradição do Ensino Artesanal Familiar.

Em 1955, Odete se casa com Hélio Maciel em Pesqueira, deixando o grupo de rendeiras, pois já havia se tornado tradição familiar o ensino da renda renascença em Poção. Odete Maciel, aceita o convite que o Prefeito Luís Neves de Pesqueira fez para ela ser professora de culinária e, logo em seguida, deixa e passa para o ensino da Renda Renascença, ficando durante 25 anos ensinado a Arte de Rendar até se aposentar em 1988 com 60 anos de idade. Depois a mestra se dedica apenas a coordenar seu grupo de rendeiras, e comercializa a renda renascença em Recife, Caruaru, Maceió e na sua própria residência em Pesqueira, Pernambuco.
Odete e Hélio residiram em Pesqueira e tiveram três filhos e uma filha.

Sobre a tradição familiar do ensino da renda renascença a mestra Odete comenta “Os jovens não estão mais querendo. Eu mesmo tenho uma filha que eu não ensinei a ela de jeito nenhum. Eu achava que era uma coisa sem futuro, queria que ela estudasse pra arranjar uma coisa melhor. Ela não sabe fazer um ponto… ela não sabe, que eu não ensinei”.

  1. Expansão Nacional e Internacional das Rendeiras.

3.1. Lagarta Richelieu, 2013 da autora Lenice Queiroga.
Livro de Arte imagético que apresenta, pela primeira vez, fotografias da pioneira mestra Lala – Elza Mendes Medeiros, de João Elias Espíndola, Odete Maciel, Vera Lúcia de Medeiros, Edite Patriota e vários artesãos da renda renascença de Poção e Pesqueira. Odete Maciel, rendeiras, rendeiros, desenhistas, feirantes, aparecem por meio de fotografias, depoimentos e uma breve história da renda renascença, por se tratar de um livro de fotografias. A principal linguagem é a fotografia autoral de Lenice Queiroga que desenvolve uma pesquisa resultando em ensaios imagéticos sobre o universo da renda renascença em Pernambuco.Teve o incentivo do Funcultura, aprovado na área de fotografia, com textos complementares em três idiomas (português, francês e inglês). O livro Lagarta Richelieu foi divulgado nacional e internacionalmente, promovendo assim uma maior difusão da renda renascença, seus mestres, rendeiras, desenhistas, feirantes entre outros. Este livro recebeu o Iº Prêmio Ayrton de Almeida Carvalho – Menção Honrosa 2016, na modalidade Propagação e Difusão do Patrimônio Imaterial.

3.2. Salão dos Mestres Fenearte 2013 – Mulheres Rendeiras.
A curadora Lenice Queiroga apresenta Odete Maciel (84 anos) à diretora Célia Novaes do Centro de Artesanato de Pernambuco, em novembro de 2012 no CAP, indicando-a para o Salão dos Mestres da Fenearte. A diretora Célia Novaes aceitou a indicação e a autora do livro Lagarta Richelieu promove o tema “Mulheres Rendeiras” para a Fenearte 2013. A partir deste ano, a mestra Odete, inicia sua participação no Salão dos Mestres da Fenearte, sendo homenageada neste mesmo ano juntamente com Marieta. A mestra Odete Maciel continuou participando desta Feira Internacional e, pela sétima vez em 2019, apresentando sempre as suas rendas e figurinos bem coloridos. O Salão dos Mestres da Fenearte – Feira Internacional de Artesanato de Olinda, éa parte de destaque e de grande divulgação desta Feira internacional.

3.3. Site Vernacular Renascença.
Vernacular Renascença é um site que apresenta o universo da Renda Renascença através da Pesquisa Imagética-Textual da Curadora Lenice Queiroga, que divulga Mestres, Rendeiras, Associações, ressaltando seus estilos, diferenças de rendar, propagando assim suas histórias para o mundo. Este site foi criado em 2016 com o projeto aprovado com o incentivo do Funcultura. A mestra Odete Maciel está no site com fotos, textos e vídeo, assim como os outros mestres, divulgando suas histórias vernaculares nacional e internacionalmente.

3.4. Prêmio Selma do Coco.
A iniciativa da palestra HISTÓRIA DA RENDA RENASCENÇA EM PERNAMBUCO PELA MESTRA ODETE MACIEL teve a classificação de 34º lugar das 44 iniciativas aprovadas no Nordeste, tendo uma expansão nacional e internacional com a publicação dos resultados e vídeo da palestra no site Vernacular Renascença. A inscrição e curadoria foi realizada por Lenice Queiroga que acompanhou a mestra Odete Maciel em todo o percurso, assim como a execução do relatório enviado para a Secretaria da Cultura MIC. As palestras aconteceram no ano de 2019 em quatro cidades (Pesqueira, São João do Tigre, Caruaru e Recife) sendo magnífica a repercussão deste Prêmio de Culturas Populares Edição Selma do Coco para a mestra Odete Maciel, as instituições e o público que participou e também para os que lerem esta matéria e assistirem ao vídeo no site Vernacular Renascença.

Veja outras pesquisas

Propriedade Intelectual

Todos os direitos reservados do Site Vernacular Renascença. É proibida a reprodução ou utilização, parcial ou total, das fotografias, textos, vídeos e informações deste site sem a prévia autorização de Lenice Queiroga, pesquisadora e artista multimídia.